25 fevereiro 2009

Catequista.

Pode muito bem a mulher nova crer em Deus por indemnização da sua experiência sexual.

20 fevereiro 2009

Isto não é grande coisa, é o que é.

Estive a pensar melhor, e quase podia ser a favor do casamento entre homossexuais. É que, apesar da minha interpretação do matrimónio, há questões profundas de justiça social que me inibem ou enrubescem quando digo que não quero.

Ou seja, simpatizo tanto com a causa que tenho pena de ser contra.

19 fevereiro 2009

Momento solene.

18 fevereiro 2009

O casamento e a nomenclatura.

Eu sou contra o casamento entre homossexuais. Agora a retórica do costume, dispensável para grande parte das pessoas inteligentes e de bom senso, mas obrigatória para quem não vem por bem: não sou religioso e tenho amigos homossexuais.

As discussões acesas que o tema provoca são fruto da falta de definição do que é um casamento. Para mim, a definição de casamento assenta na ligação entre duas pessoas de sexos opostos e não consanguíneas. Perante esta definição – que é a minha (e que se aproxima muito da definição conservadora, cristã e dos defensores do não) – não poderei ser a favor da sua aplicação quando os visados não cumprem estes requisitos.

13 fevereiro 2009

Os velhos e as crianças gostam de ver coisas, supostamente, desinteressantes.

Como por exemplo uma máquina pesada a abrir buracos para as fundações de um prédio.

Eu confesso que também gosto de ver, mas tenho aquela vergonha e hipocrisia da meia-idade que me impede de parar para ver um evento destes.

Com sorte, chegarei a velho e aí já me estarei a burrifar para o que os meus amigos pensam.

12 fevereiro 2009

Vir aqui, e reencetar a caixa dos bolos com este link, é um luxo.

É que está mesmo bom.